Do poema de Manuel à Moda de Rita ❁

O cacto, um poema escrito por Manuel Bandeira em 1925, impressiona pela beleza áspera que exala em seus versos até os dias de hoje. Foi juntando a mensagem que há por trás do poema e o desejo de trazer belezas de 1960/1970 para a atualidade, que Rita Prado apresenta a primeira parte de sua coleção Verão 2016 tendo como ícone aquele que evoca o seco Nordeste.

9ad00650bfc9a5f015f33db1aabe62dd

Misturando texturas, usando proporções vanguardistas aliadas a modernidade e construindo linhas que valorizam a silhueta, a coleção “Belo, áspero, intratável” nos leva a ter um outro ponto de vista diante do cacto, pois a designer retorna com suas estampas exclusivas, fruto de seu álbum pessoal, o qual retrata a sua própria percepção diante desse símbolo regional.

estampa3d3379829fdd8a6a505f99a69bdfbd5a

Cartela de cores, tipos de tecidos e detalhes que fazem toda a diferença foram escolhidos através de pesquisas feitas a fundo em tudo que envolvia a realidade das texturas sertanejas. Além da beleza, a coleção trás camurça com textura, recortes a laser e como novidade o jeans, nunca antes usado por Rita, mas trazendo a sua modelagem e marca como diferencial.

PS: Sabe o que mais? O forro dos bolsos tem o poema do Manuel Bandeira. As inimigas já podem chorar lágrimas na pia depois que você tiver essas peças.

processo73f1a5b02ac597722490283c7cf4c96ddetalhes 2

O editorial dessa primeira etapa teve como fotógrafo André Lira, produção de Yuri Ribeiro e Patrícia Souza, beleza de Ramon Vale, as modelos foram Natércia Paraguassú e Fernanda Campêlo e styling da própria Rita Prado.

fotos

Alguns detalhes do desenrolar da produção que mostram todo o cuidado envolvido ♡

detalhes

Algumas referências para o ponto de partida.

inspirações

Separei algumas peças que me chamaram à atenção e que com certeza eu adaptaria ao meu dia-a-dia.

de22c1c163ce56c93e9bc02d71a885c9566988e1a220db0f14bbfcd43adc9180 (1)3809821a8f097c0e9c996f1d3f69c7743ab6d71c0f7b6723bac4520d2a83679f

A coleção já se encontra a venda. Para mais informações e outras peças, visite o site do Atelier ☞ RitaPrado.com.br.

– Era belo, áspero, intratável

                                  Manuel Bandeira

2 comentários em “Do poema de Manuel à Moda de Rita ❁

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: