Rosas de Ferro ❁

Semana passada, depois de uma rápida chuva, fui até o terraço da minha casa e comecei a observar as plantas. Sim, faço isso depois de uma chuva. Prendeu-me a atenção em especial uma rosa amarela, a única da roseira, que em toda sua pequenez, se encontrava ali, completamente molhada e balançando de leve com o vento que batia.

Veio-me na cabeça, como as rosas, de aparência tão frágil, chegam a ser tão resistentes quando querem continuar firmes, e nós, humanos, feitos de carne, osso e orgulho, nos deixamos esvair tão depressa com a primeira garoa que nos atinge.

Encontrei-me ali, parada, observando algo tão leve ser mais firme do que eu, em minha condição de pessoa humana que reencarnou para sobreviver às provações expostas. Agimos como se fossemos feitos de açúcar, sendo assim, nos deixamos dissolver com “problemas” mínimos, nos jogando em um abismo de pensamentos.

Gostaria de tentar algo novo dessa vez. Porque tudo na vida tem o poder e a importância que a gente dá.

.

.

.

Sejamos mais como as rosas.

SDC12934

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: