Jantar Romântico – Menu Completo Fácil

Na próxima sexta-feira (12/06) é Dia dos Namorados e nada melhor pra comemorar esse dia do que um jantar romântico (Afinal, sem comida, não tem romance, não tem clima, não tem chamego, não tem nada!). Esse dia fica ainda mais especial quando a comida é preparada com amor e carinho em conjunto pelo casal, mas como estamos em isolamento, você pode deixar uma marmitinha na porta do namorado(a) que não tem problema. 😍

O ponto inicial é pensar no que fazer, mas eu acho essa sempre a parte mais complicada. Existem tantas opções maravilhosas que você fica na dúvida, mas eu estou aqui pra te ajudar e trouxe pra você uma opção de menu completo pra essa noite (Ou dia, pra amar não tem hora) tão especial, com entrada, duas opções de prato principal e sobremesa. Ufa, é bastante coisa, então vem logo comigo!

Entrada

A primeira vez que fiz essa entrada foi pra um jantar romântico e queria algo que combinasse com o vinho tinto que iriamos tomar. Mas também precisava ser algo fácil e rápido, já que eu iria servir logo e deveria estar bem fresco. Não tive dúvida, apostei na Bruschetta, e já digo de passagem que a minha é uma das melhores que já comi, simples e suculenta, mas com algumas regrinhas que fazem toda a diferença. Não se preocupe, vou te passar o manual completo pra sua Bruschetta sair perfeita.

Ingredientes

  • Pão Salgado do tipo Italiano
  • 1 dente de alho
  • 2 tomates maduros
  • Manjericão
  • Queijo Parmesão
  • Azeite
  • Sal
  • Pimenta

Modo de Preparo

A primeira coisa que você vai fazer é cortar os tomates, descartar o miolo e as sementes, deixando apenas a carne do tomate. É importante usar tomates maduros ou até mesmo tomates cereja, porque eles já vem no ponto ideal. Depois de cortados, salpique sal e deixe marinando. É preciso que faça primeiro isso, pois enquanto faz o restante do preparo, o tomate vai desidratando e quanto menos água, mas o seu sabor fica acentuado.

Corte o pão Italiano em fatias grossas na diagonal. É importante ser o pão Italiano porque o miolo dele é mais firme, ideal pra segurar o recheio. Leve uma frigideira ao fogo médio, quando esquentar coloque o azeite e sele os pães dos dois lados, nem todos fazem isso, mas para mim faz toda a diferença esse processo. Assim que ele sair do fogo, corte um dente de ao meio (Não precisa descascar) e passe no pão ainda quente. Isso irá fazer com que o alho cozinhe no pão e crie uma camada saborosa e aromática sem ficar com gosto de alho cru forte.

Agora tenho duas dicas pra te dar. A primeira é sobre o manjericão: Você pode colocar as folha inteira na Bruschetta, ou se assim como eu, você não gostar de comer a folhinha, você pode pegar várias, fazer um charuto, cortar bem fininha e na hora espalhar sobre ela. Assim todas as partes ficam com manjericão, não só muito em um local e no outro nada.

Outra dica é em relação ao queijo. Aqui eu usei o parmesão, mas se você quiser esbanjar 😎 e achar na sua cidade, você pode usar a muçarela de búfala que fica deliciosa também. Agora é só montar, coloque os tomates no pão, o queijo e o manjericão por cima. Mais um pouquinho de azeite por cima também nunca é demais. E olha, eu fiz Caprese porque era mais fácil pra mim, mas você pode usar a criatividade e usar presunto de Parma, molho pesto, queijo Brie… Fica Mara!

Prato Principal –

Sempre que tenho a oportunidade gosto de fazer um jantarzinho à dois, então já testei alguns pratos diferentes, por isso vou te dar aqui duas opções: Uma pra quando você pode gastar um pouquinho mais e outra pra quando o bolso está furado 😂 O que é ótimo também é que uma das opções é vegetariana e nas duas você pode trocar tanto a proteína quanto os vegetais.

O prato pros dias de fartura, digamos assim, é o Camarão Internacional, sabe aquele do Coco Bambu? Esse mesmo! Essa é a minha versão e fica igualmente deliciosa. Como o camarão nem sempre está em conta, se precisar, troque a proteína, ok?

Ingredientes

  • 800g de camarões médios da água salgada
  • 200g de presento
  • 1 cebola média
  • 3 dentes de alho
  • 1 pacote de ervilha congelada
  • 1 xícara de leite em temperatura ambiente
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • 1 caixinha de creme de leite leve
  • 2 xícaras de arroz cozido
  • 300g de queijo muçarela
  • Cheiro verde
  • Azeite
  • Batata palha

Modo de Preparo

Comece picando o alho, a cebola em cubinho e o presunto em cubos de 1cm. Leve uma panela ao fogo médio e regue com duas colheres de sopa de azeite. Assim que esquentar um pouco jogue o presunto e deixe fritar bem. Assim que ele estiver bem corado, coloque a cebola, e assim que ela começar a suar, junte o alho e mexa por um minuto.

Junte o camarão (Sem a água que ele solta, sem a casca e se possível, sem o “cocozinho” se estiver muito grande) e deixe cozinhar. É possível que ele solte água, então, caso precise deixar toda a água evaporar, cuidado para ele não passar do ponto, pois se cozinhar demais corre o risco de ficar borrachudo. É importante deixar chegar no ponto mas mexendo vez ou outra pra que a mistura não grude no fundo da panela.

Quando ele estiver quase todo cozido, junte as ervilhas congeladas e dê uma boa misturada. Enquanto a ervilha da uma esquentada, dissolva o amido de milho no leite e logo em seguida junte na mistura. Assim que ferver um pouquinho, baixe o fogo, junte o arroz cozido e misture vigorosamente, com muitíssimo cuidado pra não queimar. Você vai perceber que o arroz vai “chupar” um pouco o caldinho que se formou, mas não tem problema.

Assim que você misturar bem, desligue o fogo, coloque o creme de leite e mexa novamente, devagar para o arroz não virar uma “papa”. E em seguida, acrescente 100g do queijo, o cheiro verde picado e misture mais um pouquinho. Essa quantidade é pra uma travessa grande daquelas de mãe, sabe? “Ah, Irvie, mas isso tudo pra duas pessoas?” Gata, você já viu o meu tamanho? Preciso de sustância haha Mas falando sério, a sobra é pro dia seguinte. Quando você levar a mistura para a travessa, salpique o restante do queijo e leve para gratinar por 15 minutos. Finalize com a batata palha ou sirva à parte (Mano, faz toda a diferença). Delícia.


O outro prato principal, é para aquele dias de fim de mês, que o dinheiro está pouco e você precisa se virar com o que sobrou na geladeira, mas o bom é que é um prato vegetariano, com espinafre! Essa é a hora de quem não gosta de vegetais vai me olhar com cara de ” Esperei até agora pra comer espinafre? E eu lá sou o Popeye?”.

Eu também pensei assim , meus colegas, mas como sempre na minha vida, eu mordi a língua e ficou tão bom, mas tão bom, que eu fui a que mais comi no dia que fiz esse prato. Fica maravilhoso esse Cannelloni Vegetariano com Espinafre e Ricota. Vem comigo, que vou fazer você mudar de opnião!

Ingredientes

  • 3 xícaras de espinafre fresco
  • 1 cebola pequena
  • 3 dentes de alho
  • 450g de creme de ricota
  • 1/2 xícara de queijo parmesão ralado
  • Massa de Cannelloni/Lasanha
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 2 xícaras de leite
  • 2 xícaras de Molho de Tomate
  • 100g de muçarela
  • Sal
  • Pimenta
  • Azeite
  • Noz-Moscada

Modo de Preparo

Pra essa receita nós vamos precisar de dois tipos de molho: Um de tomate e o molho branco. No meu molho de tomate, eu usei um pronto, refogado com tomate e cebola, só porque eu gosto de sentir a textura no molho, mas é da sua preferência usar um caseiro ou não.

Para o molho branco, você vai levar uma panela ao fogo baixo, e derreter a manteiga. Quando derreter, acrescente a farinha de trigo e mexa copiosamente até virar uma massinha. Assim que isso acontecer, jogue o leite aos poucos, sempre mexendo para não empelotar. Quando começar a borbulhar, conte 60 segundos e continue mexendo até engrossar. Quando estiver pronto, desligue o fogo e tempere com um pouco de sal e noz-moscada. Reserve.

Leve uma frigideira ao fogo médio com uma colher de azeite. Refogue a cebola cortada em cubos até ela começar a suar. Assim que isso acontecer, coloque o espinafre e os três dentes de alho picados. Refogue até o espinafre murchar por completo e depois que tirar da panela, pique essa mistura bem picadinho.

Leve as massas à uma panela com água fervente e dê um susto na massa, apenas para que fique maleável. Agora, misture o refogado de espinafre com o creme de ricota, o parmesão, o sal e a pimenta. Uma boa dica se não encontrar o creme de ricota, é usar cream cheese ou ainda, despedaçar com um garfo a ricota sólida e misturar com um pouquinho de leite ou creme de leite até que vire uma pastinha.

Agora é só começar a montagem. Coloque em um refratário uma camada de molho de tomate, em seguida coloque um pouco de recheio na massa e enrole como um charutinho, faça isso com todos e coloque no refratário. Em seguida jogue o molho branco e de tomate alternado na vertical, apenas pela estética. Por fim, coloque o queijo muçarela por cima e leve para gratinar por 15 minutos. Prontinho e super rápido!

Sobremesa –

Como em geral os pratos principais já levam muito tempo, a sobremesa para mim também deveria ser fácil, mas também bonita. Nada melhor pra isso do que cremes e morangos e pra dar um toque charmoso, colocados em uma taça de vidro individual. Uma Taça Sensação de Morango parecia maravilhoso!

Ingredientes

  • 1/2 lata de leite condensado
  • 250ml de leite
  • 300g de creme de leite
  • 4 colheres de sopa de amido de milho
  • 100g de chocolate meio amargo
  • 1 caixinha de morango
  • Pedaços de brownie ou bolo

Modo de Preparo

Para o creme branco, coloque em uma panela o leite condensado, o leite, o amido e 200g de creme de leite. Mexa em fogo médio até que comece a borbulhar, e quando começar conte 60 segundos mexendo até engrossar. Reserve.

Para a ganache, leve o chocolate para derreter em banho maria ou no microondas e quando pronto, junte 100g de creme de leite e misture até que fique cremosa. Corte os morangos ao meio e tire os cabinhos. Quando tudo estiver frio, é só montar. Creme, brownie/bolo, ganache, morangos e repete! Finalizei com um pouquinho de castanhas. Coloque na geladeira e prontinha. Está MaraviGood 💗

Se você conseguir, faça uma decoração simples com fotos e flores. É o bastante para que fique um ambiente fofo, charmoso e simples.


Esse cardápio é muito adaptável. Ele é simplesmente uma inspiração pra que você crie o seu próprio jantar, se assim desejar. Mas eu sei que nesses tempos já seria suficiente você dar um abraço em quem você ama, com ou sem comida!

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s